Palmas-TO, 19 de junho de 2018

WebMail

Edital lançado pelo CNPq e Ministério da Saúde visa inovar o SUS

Atualizado em: 24/05/2018 14h50

A iniciativa é uma parceria entre o Conselho Nacional de Desenvolvimento Cientifíco e Tecnológico (CNPq) e o Departamento de Ciência e Tecnologia da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos (Decit/SCTIE) do Ministério da Saúde (MS) pretende contribuir para o desenvolvimento de tecnologias inovadoras voltadas para a melhoria do Sistema Único de Saúde (SUS).

As propostas aprovadas serão financiadas com recursos no valor global de R$ 15 milhões. O objetivo é apoiar projetos que colaborem com a geração de novas tecnologias em quatro principais áreas: diagnóstico e tratamento, fármacos e medicamentos, medicina regenerativa e organização dos serviços de saúde, no que se refere ao acesso, acolhimento, assistência e gestão para o SUS.

Os projetos deverão abordar uma das seguintes Linhas Temáticas:

a) Linha 1: Inovações para a organização dos serviços de saúde. Nesta linha espera-se o desenvolvimento de tecnologias para a melhoria dos serviços de saúde: acesso, acolhimento, assistência e gestão para o SUS;

b) Linha 2: Inovações em equipamentos e dispositivos para tratamento e diagnóstico. Nesta linha, as pesquisas devem buscar o desenvolvimento de dispositivos e equipamentos voltados para a saúde que se destinem a prevenção, diagnóstico, tratamento, recuperação e reabilitação;

c) Linha 3: Inovações em fármacos e medicamentos. Nesta linha espera-se o desenvolvimento de fármacos, obtidos por processos de síntese química, biológicos e extrativos; além do desenvolvimento de medicamentos sintéticos, novos ou genéricos, e de medicamentos biológicos ou biossimilares que, prioritariamente, visem atender às demandas do SUS;

d) Linha 4: Inovações em medicina regenerativa. Espera-se com esta linha o desenvolvimento de tratamentos inovadores com produtos de terapias avançadas (produtos de terapia celular, produtos de engenharia tecidual e produtos de terapia gênica constituídos por ou à base de células).

"Com essa Chamada, o DECIT e o CNPq esperam selecionar projetos de pesquisa em áreas estratégicas na saúde, induzindo o desenvolvimento de novas tecnologias em áreas inovadoras, contribuindo com a geração de conhecimento para solução de problemas que afetam a nossa saúde", comenta Marcelo Morales, Diretor de Ciências Agrárias, biológicas e da saúde do CNPq.

"O foco desses investimentos é o desenvolvimento de tecnologias ou soluções inovadoras passíveis de serem escalonadas para o SUS. Pretendemos estimular uma nova cultura de inovação em nossas universidades, que possuem capacidade científica instalada e capital intelectual para responder a estas demandas", diz Camile Giaretta Sachetti, diretora do DECIT

A data limite para submissão das propostas é 13 de julho. Já a divulgação do resultado será realizada no dia 10 de setembro. Para outras informações, acesse o link do edital.

Fonte: CNPQ