Palmas-TO, 17 de junho de 2024

WebMail

Novembro Azul: Fapto alerta sobre os cuidados com a saúde do homem

Atualizado em: 01/11/2022 15h44

Neste mês, a Fundação de Apoio Científico e Tecnológico do Tocantins (Fapto) também entra na campanha “Novembro Azul'' com a missão de alertar sobre a importância do diagnóstico precoce do câncer de próstata, o mais frequente entre os homens brasileiros depois do câncer de pele.

Conforme dados do Instituto Nacional de Câncer (INCA), foram diagnosticados 68.220 novos casos de câncer de próstata e cerca de 15 mil mortes/ano em decorrência da doença no Brasil, nos dois últimos anos, o que representa 42 homens morrendo por dia em decorrência da doença e aproximadamente 3 milhões convivendo com ela.

Portanto este movimento que se intensifica durante o mês, ajuda a ampliar a conscientização da população masculina sobre a necessidade de cuidar do seu corpo e também da mente. “No decorrer do mês de novembro, vamos promover momentos com a equipe de colaboradores da Fapto para reforçar o cuidado com a saúde masculina. Abordar sobre a importância do diagnóstico precoce para a cura do câncer de próstata. Sabemos que mesmo com a ausência de sintomas, homens a partir dos 45 anos com fatores de risco, ou com 50 anos e sem estes fatores, devem ir ao urologista para realizar os exames que permitem o diagnóstico”, alerta a coordenadora de Gestão de Pessoas da Fapto, Emanuella Costa.

Especialistas da área da saúde orientam a prática de exercícios, ter uma alimentação equilibrada, não fumar, praticar sexo seguro, cuidar da saúde mental e, também, fazer o exame da próstata, periodicamente, como hábitos e rotinas que ajudam a evitar a doença.

Entre os cuidados básicos que todo homem precisa ter com a saúde, há testes e exames que precisam ser realizados com frequência:
– Verificação da pressão arterial;
– Hemograma completo;
– Dosagem da glicemia;
– Dosagem do colesterol;
– Testes de urina;
– Atualização da carteira vacinal;
– Verificação do perímetro abdominal e do Índice de Massa Corpórea (IMC).

Tratamento e prevenção
Na fase inicial, o câncer de próstata não apresenta sintomas e quando alguns sinais começam a aparecer, cerca de 95% dos tumores já estão em fase avançada, dificultando a cura. Na fase avançada, os sintomas são: dor óssea, dores ao urinar, vontade de urinar com frequência e presença de sangue na urina e/ou no sêmen.
Entre os fatores de risco estão, histórico familiar de câncer de próstata (pai, irmão e tio); obesidade e raça: homens negros sofrem maior incidência deste tipo de câncer.