Palmas-TO, 24 de abril de 2024

WebMail

Programa Mulheres Mil promove formação das equipes que atuam no Tocantins

Atualizado em: 05/02/2024 11h27

Acontece nos dias 06 e 07 de fevereiro, na sede do Instituto Federal do Tocantins (IFTO), mais uma etapa de formação do Programa Mulheres Mil, no Tocantins. Desta vez, a programação será voltada aos integrantes das equipes locais dos Campi do Instituto Federal do Tocantins (IFTO) envolvidos no programa, sendo eles: Araguatins, Araguaína, Colinas, Dianópolis, Gurupi, Palmas, Pedro Afonso, Paraíso e Porto Nacional.

Em dois dias de extensa programação, temas como a metodologia do programa envolvendo acesso, permanência e êxito das cursistas, o empreendedorismo na geração de renda, gestão financeira, comunicação, novas possibilidades de empregabilidade dentre outros temas serão trabalhados.

Para a coordenadora geral do Programa no Tocantins, Marilene Dantas Sepulvida, o momento é para a integração e formação de todas as equipes que compõem o projeto. “Estamos preparando para dar andamentos em novos cursos ligados ao Programa que irá contemplar mulheres de diferentes municípios, possibilitando a elas uma qualificação diferenciada para que tenham melhores condições de se incluírem no mundo do trabalho”, conta a coordenadora.

Também de acordo com a coordenadora-adjunta Elizandra de Almeida Pinheiro, a proposta do Programa Mulheres Mil é atender por meio da educação tecnológica, mulheres em situação de “vulnerabilidades” e risco social e tenham a oportunidade de aprimorar sua qualificação profissional e, com isso, possam fazer a diferença não somente em seus núcleos familiares, como na comunidade em que estão inseridas.

Projeto Mulheres Mil
Em vigência no Brasil desde 2001, o Programa Mulheres Mil se tornou um programa nacional pela Portaria 1,015 de 21 de julho de 2011, através da Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica do Ministério da Educação (Setec/MEC), e foi executado até 2018. Contudo, diante da relevância e expertise para a promoção do acesso à educação profissional e tecnológica para mulheres em situação de vulnerabilidade social e econômica, o Programa Mulheres Mil é relançado pelo governo brasileiro, por meio da Portaria nº 725, de 13 de abril de 2023.

O Programa Mulheres Mil tem como objetivo central promover a formação profissional e tecnológica articulada com aumento da escolaridade de mulheres em situação de vulnerabilidade social, especialmente das regiões Norte e Nordeste do país.
Com o objetivo de contribuir para uma atuação mais qualificada no mercado de trabalho, as ações visam garantir o acesso à educação a essas mulheres de modo a dialogar com as necessidades educacionais de cada comunidade e a vocação econômica das regiões em que estão inseridas.